Empresas sustentáveis
Marketing Social, Sustentabilidade

Responsabilidade social empresarial | Como ser reconhecida como uma empresa do bem?

Você já deve ter ouvido falar em “Responsabilidade Social Empresarial”. Mas será que a sua empresa está colocando esse conceito em prática? Pense bem! O que você acha que sua empresa está fazendo é ser socialmente responsável ou realizar ações pontuais para “inglês ver”?

Neste post, a Risü te explica tudo sobre responsabilidade social empresarial e como você faz para ser reconhecido como uma empresa realmente do bem.

Responsabilidade social | O que é?

Responsabilidade Social Empresarial

A responsabilidade social já é um conceito tão difundido e debatido atualmente, que várias instituições referência na área adotaram uma definição só.

De acordo com o Instituto Ethos, a Responsabilidade Social Empresarial (RSE) é a relação que a empresa estabelece com todos os seus públicos – sejam os funcionários, acionistas, fornecedores, entidades ambientais, sociais, governos, imprensa, clientes e a sociedade em geral.

Essa relação deve ser tratada de maneira ética e transparente pelas empresas e podem envolver códigos de boas condutas, gestão de risco, prevenção da corrupção, apoio à diversidade e compromisso com toda a cadeia produtiva que envolve a empresa.

Por isso, é interessante dizer que esse conceito é diferente de filantropia ou cidadania corporativa. As ações sociais ou a promoção do bem só é considerada RSE se ela for atrelada a todos os públicos da empresa.

Para que você entenda melhor, vamos dizer que não basta que uma empresa faça doações na época do Natal, por exemplo, mas que em todos os seus processos e áreas ela aja com integridade, respeito e faça o bem verdadeira e genuinamente.

Responsabilidade social empresarial | Porque ser uma empresa socialmente responsável?

Uma empresa sustentável, portanto, é aquela que faz o bem em todas as suas instâncias e que consegue estabelecer um equilíbrio entre sua atuação econômica, ambiental e social.

responsabilidade social empresarial_tripe sustentabilidade

O que é importante considerar é que as empresas atualmente são vistas como agentes ativos na sociedade e não mais entidades supremas intocáveis.

E isso faz com que elas tenham obrigação de se comprometer com as questões que a permeiam, sejam relacionadas ao meio-ambiente, à fome, à discriminação e o preconceito, corrupção, preservação do patrimônio, entre muitas outras questões.

O mundo está cada vez mais necessitado de ajuda e as empresas possuem muitos recursos capazes de contribuir – tanto capital humano quanto financeiro. O que é fundamental é que a empresa saiba entender seu papel na sociedade e contribua, de maneira consistente, para minimizar os problemas.

Exemplo de responsabilidade social nas empresas

Com esse conceito cada vez mais em pauta, mais empresas estão se tornando socialmente responsáveis e fazem um trabalho muito importante para o mundo. Veja alguns exemplos:

  • Natura e a educação para extração de óleos vegetais

Todo mundo sabe que a Natura é referência na produção de cosméticos fabricados com substâncias naturais. Um desses ingredientes é o óleo de murumuru, extraído de uma planta da Amazônia e que é de difícil manejo. Essa dificuldade acaba por promover queimadas.

Para evitar as queimas, a Natura criou uma ação educativa para ensinar 400 famílias que fornecem a matéria-prima a forma correta de fazer a extração. A ação deu um resultado incrível e preservou mais de 3 mil palmeiras, tendo um impacto tanto ambiental quanto social para as famílias. A Natura é um exemplo de empresa socialmente responsável, com diversas ações em todo o país.

  • Walmart e sua influência com os fornecedores

O Walmart é um dos parceiros da Risü e, além de fazer o bem por aqui, ele criou uma ação muito legal, que impactou toda a sua cadeia produtiva.

Desde 2014, o Walmart, uma das maiores empresas varejistas do mundo, tem um programa para incentivar que seus principais fornecedores repensem os seus processos produtivos, para torná-los mais responsáveis. Além das empresas, como a Johnson & Johnson, reduzirem custos, elas conseguiram reduzir em 40% o consumo de água nos hipermercados.

  • Fiat e a Cooperárvore

responsabilidade social empresarial_cooperarvore

Produto feito com aparas de cinto de segurança. Foto Divulgação Cooperarvore

Há mais de 10 anos, a Fiat criou uma cooperativa com o objetivo de gerar oportunidade de fortalecimento humano, educação, trabalho e renda para os moradores da comunidade do Jardim Teresópolis, em Betim, onde a fábrica da Fiat está situada em Minas Gerais.

A Cooperárvore fabrica produtos feitos com o reaproveitamento dos materiais que foram descartados durante a fabricação dos carros da montadora. A cooperativa vende produtos de moda, decoração, brindes personalizados, tudo isso feito com materiais como cinto de segurança, tecidos do banco, isopor e outros.

E com uma capacitação feita ao longo dos anos, as cooperadas estão criando sua autonomia para gerir sozinhas a instituição e fazer os produtos desde a criação do design e agora tem até seu próprio e-commerce! Hoje, a Cooperárvore é a principal fonte de renda de dezenas de famílias da região.

A responsabilidade social impacta na sua marca

E não é só na sociedade ou nas comunidades que a responsabilidade social impacta. Fazer o bem traz ótimos resultados para sua marca quando falamos em visibilidade, reputação e até conversão em vendas! É o sonho de quem trabalha com marketing, não é? 🙂

Uma empresa socialmente responsável é uma marca bem vista pelo mercado e pelos consumidores. E se a organização mantém as boas ações ao longo dos anos, de forma estruturada e que dê resultados consistentes, essa boa imagem se transforma em uma reputação forte.

Como consequência, essa credibilidade que a empresa conquista com os resultados positivos faz com que as pessoas passem a preferir a sua marca em detrimento aos concorrentes.

Entre comprar de uma marca que tem os mesmos produtos que você, mas que não oferece esse valor agregado da responsabilidade social empresarial, é comprovado que os clientes vão preferir comprar de você.

Como sua empresa pode contribuir de maneira social e ambiental para um mundo melhor e comunicar isso para seus clientes?

Uma das premissas de ser uma empresa socialmente responsável é a transparência. Para que os seus públicos tenham confiança nas suas ações e no impacto positivo que a sua organização tem na sociedade, é preciso comunicar seus resultados e suas atuações.

Por isso, a comunicação e o marketing estão totalmente atrelados à área de RSE. Atualmente, as pessoas estão muito mais preocupadas com as ameaças ao meio-ambiente e com os problemas sociais. E, com isso, entendem que as empresas são agentes muito importantes no combate a essas questões.

Mas elas só saberão das suas boas ações se você comunicá-las, certo? Portanto, para que seu negócio seja reconhecido como uma empresa do bem, ele precisa não só fazer ações sociais e ambientais, mas divulgar isso para as pessoas.

Para isso conheça o Marketing 3.0 e o Marketing Social

É aí que entra a nova tendência do Marketing 3.0, que tem como objetivo transformar as empresas em organizações que pensam em rede, colaborativas e que entendem que as pessoas são indivíduos que necessitam de solucionar seus problemas.

Empresas, lojas, indústrias não mais servem apenas para seus objetivos principais – vender e gerar lucro – mas realmente fazerem o bem ao seu entorno e, principalmente, não gerar mais impactos negativos no mundo. Mas qual a melhor forma de ser genuinamente positiva, sem parecer demagogia?

Por meio do Marketing Social, você pode promover a Responsabilidade Social Empresarial e comunicar isso de forma igualmente responsável. São alguns passos importantes no marketing para isso:

  1. Mapeie os possíveis impactos sociais ou ambientais que sua empresa provoca. Nas comunidades onde atua, entre seus funcionários, se o seu segmento de mercado é, de alguma forma, nocivo;
  2. Se não tiverem impactos, pense em como a empresa poderia fazer mais para ajudar algum problema já existente;
  3. Encontre formas de solucionar esses problemas;
  4. Alinhe essas soluções às suas estratégias de marketing e comunicação;
  5. Comunique as soluções nos canais em que os seus públicos estão – seja na internet, na imprensa ou apenas com uma comunicação direcionada à comunidade que você está ajudando.

A cultura da colaboração, muito discutida hoje em dia, oferece ainda a vantagem de que você não precisa fazer tudo sozinho. Unindo os seus recursos aos de outras pessoas e outras empresas, é possível promover uma sociedade socialmente responsável.

A Risü te transforma em empresa responsável

A Risü é uma dessas soluções que surgiram como uma ponte que une a vontade das empresas e das pessoas de fazer o bem. Por meio de parcerias com ONGs que fazem um trabalho legal e confiável no apoio a diversas causas sociais, damos espaço para os e-commerces também ajudarem.

Funciona assim: a sua empresa oferece cupons de desconto para que os clientes sintam mais desejo ainda de comprar na sua loja. Depois, converte para do valor da compra para as organizações sociais que são nossas parceiras.

Assim, todo mundo se junta para promover o bem e mais e mais pessoas passam a conhecer e a comprar na sua loja. Legal, né?

Participe da Risü e seja logo uma empresa que pratica a Responsabilidade Social Empresarial de forma criativa!

Sobre a Risü

Risü - Cupom de descontoA Risü é shopping online do Bem, onde parte do valor das compras de nossos usuários se transforma em doação para uma Causa Social à sua escolha sem que ele pague nada a mais por isso.

Já pensou em gerar impacto social com sua empresa para fazer um mundo melhor e comunicar isso para milhares de pessoas?

Traga sua loja para a Risü!

(Clique e fale com um de nossos consultores)

Responsabilidade social empresarial | Como ser reconhecida como uma empresa do bem?
5 (100%) 2 votos
Post Anterior Próximo Post

Você também vai gostar

Nenhum Comentário

Deixar Comentário