Como aproveitar o conteúdo em todos os setores da ONG
Marketing para o Terceiro Setor

Além do marketing de doações | Como aproveitar o conteúdo em todos os setores da ONG

Sua ONG está começando a implementar uma nova estratégia de comunicação online, mas ainda está focada apenas na parte de divulgação da marca e de como as pessoas podem contribuir com doações?

Pois saiba que dá para fazer muito mais do que isso.

O marketing de conteúdo, pode exemplo, pode impactar todas as áreas da organização, funcionando muito mais como uma ferramenta estratégica do que simplesmente de divulgação.

Neste artigo você aprender como usar o conteúdo para além do marketing de doações e transformar todo o seu planejamento de ações.

Cadastre sua ONG para Aumentar sua captação de recursos

O que é o marketing digital?

marketing

O marketing digital pode ser definido como as ações de comunicação realizadas pelas empresas – sejam elas do primeiro, do segundo ou do terceiro setor – em plataformas online.

A estratégia do marketing é adaptada para funcionar bem em computadores, notebooks, celulares e outros dispositivos móveis.

Como as pessoas passam cada vez mais tempo conectadas, é muito importante que a sua marca apareça nesses canais, constituindo o que chamamos de presença digital.

Existem diferentes caminhos a se seguirem no universo online, mas nesse post vamos falar especificamente do marketing de conteúdo.

Saiba como alcançar o sucesso de uma ONG em nossa análise completa.

O que é marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo é um dos quatro pilares do marketing de atração (ou Inbound Marketing, em inglês), que consiste em atrair, converter, fechar um negócio e encantar o cliente.

No marketing de conteúdo a estratégia baseia-se na produção de conteúdo relevante para atrair o consumidor.

Diferentemente do que acontece no marketing tradicional, em que a marca “vai” até o consumidor de forma ativa (e mais invasiva), no marketing de conteúdo é o próprio usuário que chega até a empresa.

Mas como isso acontece?

Todo o conteúdo criado e compartilhado nas plataformas da empresa deve ser voltado para a solução de dúvidas comuns do seu público.

Assim, quando elas buscarem respostas para um problema específico, vão encontrar a sua marca. E, se o conteúdo for realmente relevante, haverá uma conexão com a marca.

O conteúdo não tem o objetivo apenas de vender – ou, no caso da ONG, de atrair doadores e voluntários, mas sim de educar, informar e guiar o consumidor.

Para ficar mais claro: a criação de conteúdo pode ser para blogs, redes sociais, e-books e outros materiais ricos, vídeos, e-mails, webinars (espécie de videoconferência ou aula online), e muito mais.

Benefícios do marketing de conteúdo

A criação de conteúdo como ferramenta de marketing garante uma verdadeira revolução na forma como a organização social se comunica com o público.

Em um universo tão vasto de informações, conseguir chamar atenção do usuário de internet sem ações invasivas ou que interrompam algo que ele estava fazendo (propagandas no meio de um vídeo, por exemplo) pode trazer muitos resultados.

Confira os principais benefícios.

Consumidor confia mais na sua ONG

A produção de conteúdo relevante mostra que você entende sobre o que faz, o que gera autoridade e mais credibilidade para sua organização social.

O consumidor passa a confiar mais na sua marca, o que é um ativo muito valioso para qualquer instituição.

Redução de custos no processo de atração

O que é mais barato e menos trabalhoso: atrair um público novo ou fidelizar alguém que já contribuiu com a organização de alguma maneira?

Acertou que respondeu a segunda opção. Trabalhar com quem já conhece sua ONG é bem mais fácil do que apresentar o projeto a alguém novo. Por isso é tão importante ter ações voltadas para essas pessoas.

Fortalecimento da relação com o público

Quando a ONG compartilha conteúdos atrativos e de relevância para o público, os usuários se sentem cada vez mais interessados em acompanhar o que a marca está fazendo.

Isso estreita e fortalece a relação, deixando a organização mais humana e próxima das pessoas – uma característica extremamente importante para uma instituição que lida com a transformação social por meio de projetos humanitários.

Formação de advogados da marca

Público engajado, próximo e fidelizado resulta em defensores da marca. Ou seja, pessoas que vão divulgar sua ONG de forma espontânea, atraindo mais gente para conhecer (e ajudar) seus projetos.

Entenda por que o conteúdo é fundamental para aumentar as doações da ONG e garantir a manutenção de todos os seus projetos.

Cadastre sua ONG para Aumentar sua captação de recursos

Como o conteúdo pode funcionar em outros setores da ONG, além da publicidade?

marketing doação

“As mídias sociais não são sobre mídias, mas sobre a comunidade com a qual você faz negócios.” Essa definição da pesquisadora Katie Dalahye também pode ser aplicada ao marketing de conteúdo nas ONGs.

A estratégia não é apenas para atrair doadores, mas para fortalecer a relação com toda a comunidade, renovando até a forma de realizar ações internas e com foco na conversação com o público.

Veja outras formas de usar o marketing de conteúdo a favor da sua ONG.

·         Fortalecer a imagem institucional junto aos colaboradores

Muitas empresas se esquecem disso, mas a equipe de colabores e gestores também faz parte do público da instituição.

Assim como fazemos com o público externo, o público interno também precisa ser nutrido. E o marketing de conteúdo pode ser utilizado como ferramenta para fortalecer a imagem institucional junto a essas pessoas.

O tipo de conteúdo compartilhado será diferente, com informações mais relevantes para o funcionamento interno e sobre o impacto do trabalho da equipe na conquista dos objetivos gerais da ONG.

·         Angariar voluntários

Um ativo muito importante em qualquer ONG são os voluntários. Eles podem participar de ações esporádicas ou integrarem um grupo fixo de colaboradores e “colocam a mão na massa” para que o trabalho da ONG aconteça de forma efetiva.

Com o marketing de conteúdo você pode atrair mais voluntários ou mesmo incentivar que já participou de alguma ação a contribuir mais frequentemente.

Mostre os resultados das ações e como a vida das pessoas são transformadas por esses projetos.

Aqui, a palavra-chave deve ser a emoção. Afinal, descobrir como um pequeno gesto faz toda a diferença na existência de alguém é realmente emocionante.

·         Mostrar para a sociedade problemas enfrentados por pessoas que estão na mesma comunidade

marketing

Com o dia a dia tão corrido, muita gente não tem noção sobre a dimensão dos problemas sociais e de como eles estão perto da nossa casa.

No blog, redes sociais ou mesmo por e-mail, sua ONG pode mudar essa situação e abrir os olhos da comunidade sobre esses cenários.

Já pensou no que dá para fazer quando mais pessoas se sensibilizarem sobre a realidade de vizinhos, colegas dos filhos e amigos?

Procure sempre trabalhar com dados embasados e inovar na comunicação.

·         Informar sobre soluções simples de transformação social

Além de mostrar os problemas, sua ONG pode oferecer soluções para essas questões.

O que as pessoas podem fazer no dia a dia para ajudar a amenizar essas situações? Ou como é possível contribuir sem a necessidade de fazer algo que dependa de muito trabalho ou alteração muito grande na rotina.

Destaque sempre que mesmo o menor dos gestos pode ter um impacto gigantesco, afinal, os resultados de uma ONG têm origem na soma de esforços em prol de um bem maior e coletivo.

·         Ser um modelo para a realização de novos projetos

Se a sua ONG ganhar bastante projeção ela pode se tornar um modelo de inspiração para novos projetos.

Quanto mais pessoas entenderem a missão de uma organização social e como ações simples contribuem para uma sociedade mais justa e igualitária, maior será o desejo de repercutir esse tipo de projeto localmente.

Os seus seguidores podem reproduzir seus programas em outras comunidades ou até iniciar uma nova organização em outra localidade, criando uma rede cooperativa de ONGs.

Os 3 níveis de maturidade da comunicação digital em uma instituição

Além de tudo o que já foi dito até aqui, vale ressaltar que os resultados do marketing de conteúdo e de toda a comunicação digital terá impactos diferentes de acordo com o nível de maturidade das instituições.

Nível 1

No nível 1, há um núcleo específico para tratar dessa comunicação, sempre com foco em conhecimento de marketing e na agilidade do relacionamento com o consumidor.

Nível 2

No nível 2, há uma gerência de comunicação, porém com foco em aprimorar a relação com o público, bem como a estratégia de marketing.

Nível 3

Já no nível 3, o trabalho é feito de forma conjunta com os outros setores da organização e a base é o conhecimento do negócio feito pela organização.

O foco está no engajamento com uma atenção especial às oportunidades de melhoria para o serviço, fornecidas pelos feedbacks do público.

Esse é o nível mais elevado que uma organização pode chegar em relação à comunicação digital, pois aqui o marketing é tratado como um ativo estratégico, oportunizando a melhoria de todos os processos – e não apenas da divulgação.

A Risü realiza um trabalho colaborativo com ONGs de todo o Brasil. Entendemos que mudar o mundo deve ser a preocupação de todas as pessoas, por isso incentivamos doações em troca de benefícios em diversos sites de compras.

Veja quais ONGs são parceiras da Risü e como o nosso site está atraindo mais doadores para essas instituições.


Falar com um consultor

Além do marketing de doações | Como aproveitar o conteúdo em todos os setores da ONG
5 (100%) 1 voto
Post Anterior

Você também vai gostar

Nenhum Comentário

Deixar Comentário