Sem doações, sua ONG não receberá doações
Marketing de Conteúdo, Marketing para o Terceiro Setor

Sem conteúdo, sua ONG não receberá doações. Saiba o motivo.

O marketing de conteúdo está revolucionando a comunicação de empresas em todo o mundo.

Dinâmico, humano e próximo dos consumidores, esse tipo de estratégia garante presença digital, para a sua marca ser facilmente encontrada; mais engajamento; a possibilidade de acompanhar o público de perto e excelente custo-benefício.

Um dos pilares do marketing digital é o conteúdo, e, acredite, ele pode revolucionar a força de uma marca na internet.

Ele é tão importante, que um artigo do Bill Gates, escrito nos anos 90, se tornou uma das expressões mãis conhecidas no universo do marketing: “Content is King” – o conteúdo é rei.

E se o marketing de conteúdo funciona bem nas empresas do primeiro setor, ele também é valioso para as Organizações Não Governamentais (ONGs), constantes do terceiro setor.

Neste artigo, você vai aprender tudo sobre o marketing de conteúdo: por que ele é tão importante; como aplicar na sua ONG; e como ele pode de ajudar a arrecadar doações.

Conheça as ONGs parceiras da Risü e entenda como esse trabalho também pode ser importante para a sua organização.

Cadastre sua ONG para Aumentar sua captação de recursos

O que é marketing de conteúdo?

conteúdo

O marketing de conteúdo pode ser definido como uma estratégia de produzir conteúdos diversos para o seu público, de forma a educar as pessoas sobre um serviço ou produto e fazer com que elas reconheçam, por conta própria, uma determinada demanda.

Aqui, em vez da marca atingir um cliente em potencial por meio de propagandas interruptivas, a marca é procurada pelos consumidores.

Isso é muito significativo na era da informação, em que as pessoas têm cada vez mais acesso a dados e estão a apenas um clique de buscar soluções para todas as suas dúvidas.

Ainda não entendeu?

Um exemplo prático que pode te ajudar a entender o conceito: João precisa de um tênis especial, já que sua pisada é torta. Mas ele ainda não sabe disso.

O mais provável é que ele vá procurar saber por que o seu pé está doendo, até entender que a pisada é torta e que isso faz com que ele precise de um tênis específico. Só aí a empresa de calçados deve convencê-lo de que é a melhor opção do mercado.

De forma geral, o consumidor passa por uma jornada, que se divide em quatro etapas – aprendizado e descoberta; reconhecimento do problema; consideração da solução; e decisão da compra. E o marketing de conteúdo pode ser o fio condutor desse caminho.

Por que a produção de conteúdo é importante?

A produção de conteúdo em uma estratégia de marketing é, de fato, fundamental para melhorar a comunicação das empresas com o público. No nosso caso, para melhorar a comunicação das organizações sociais com pessoas interessadas em doar (seja tempo ou dinheiro).

Saiba quais são as principais vantagens do marketing de conteúdo:

1.      Faz com que a sua ONG seja encontrada por pessoas interessadas em ajudar

conteúdo ong

Como já foi dito, o marketing de conteúdo é uma das ferramentas que ajudam o público a encontrar as marcas.

Por ser uma busca que parte do próprio público, os resultados costumam ser mais satisfatórios e relevantes para quem está procurando sobre assuntos ligados à área social.

O conteúdo relevante e baseado em boas técnicas de ranqueamento faz com que sua página apareça nos primeiros resultados do Google, o que também contribui (e como!) para ser mais facilmente encontrado.

2.      Facilita o processo de comunicação

Um bom conteúdo é capaz de atingir muitas pessoas e pode durar muito tempo – dependendo do assunto abordado.

Com as redes sociais e o compartilhamento em perfis pessoais, esses conteúdos ganham ainda mais força, criando uma rede de comunicação muito eficaz e sem complicações.

3.      Tem excelente custo-benefício

Levando em consideração o valor de outros canais de marketing, especialmente os mais tradicionais, produzir conteúdo tem custo-benefício mais interessante, sendo necessário investir menos dinheiro para atingir mais pessoas.

4.      Melhora o relacionamento com o público

Como o marketing de conteúdo funciona a partir de uma demanda do público, ele é pouco (ou nada) intrusivo, o que gera pontos positivos para a organização.

Além disso, o conteúdo pode continuar nutrindo quem já teve algum contato com a instituição, instigando-o a doar novamente ou a participar de novos projetos.

Aproveitando, quero indicar a leitura de um material rico e exclusivo onde explicamos com mais detalhes o assunto Marketing de Relacionamento.

5.      Sua ONG torna-se uma referência, com status de autoridade

Produzir conteúdos que informam e nutrem o seu público podem transformar a sua ONG em uma autoridade, fazendo com que ela passe a ser considerada uma referência para quem está buscando informações sobre algum assunto em específico.

Isso é muito bom para a marca, que se torna mais forte e sempre presente na memória das pessoas (Se mais presente na memória, mais engajado com sua OSC e, portanto,…Bingo! Mais doações! Consegue perceber?).

6.      Possibilita acompanhar resultados de maneira descomplicada

Assim como tudo que envolve o universo no marketing digital, o conteúdo também oferece uma série de possibilidades de avaliar resultados. Dessa forma, você consegue melhorar a sua estratégia de comunicação e aprimorar até mesmo a sua atuação.

7.      Dá suporte para formar “advogados” da sua marca

Um conteúdo relevante, de qualidade e fácil de ler, deixa as pessoas mais informadas sobre os impactos da sua ONG para a sociedade.

Quanto mais as pessoas sabem, mais elas ficam interessadas e aí podem surgir “advogados” ou defensores da sua marca.

Tratam-se de pessoas que vão defender as ações de sua Organização Social e, ainda, as divulgar para seus amigos, atraindo ainda mais doares e voluntários.

Usar as estratégias do Marketing 3.0 também pode atrair mais pessoas para a sua marca. Leia sobre o assunto em um artigo especial que preparamos a respeito desse tema.

Que tipo de conteúdo produzir?

conteúdo produção

Majoritariamente, a estratégia de conteúdo tem base na produção de informações relevantes em textos para blogs.

O blog deve ter informações valiosas para o público todo, acompanhado todas as etapas da jornada de compra.

Alguns temas que podem ser interessantes para ONGs:

  • Por que é importante ter um propósito de vida?
  • Passos para identificar o seu propósito;
  • Importância de ajudar outras pessoas;
  • Por que fazer trabalho voluntário?
  • Formas de ajudar uma comunidade;
  • Formas de contribuir com uma organização social;
  • Como patrocinar um projeto social;
  • E muito mais!

Mas o conteúdo também pode estar presente em formatos de vídeo (em canais do YouTube), em Newsletters enviadas por e-mail, e nas redes sociais.

Descubra onde seu público está para produzir conteúdo de forma acertada. Assim, você atinge as pessoas certas, no momento certo e no local mais adequado.

Já ouviu falar sobre marketing social? Descubra os segredos dessa técnica e porque ela é importante para qualquer empresa!

Técnicas de marketing de conteúdo para atrair usuários (e doadores)

Para conseguir os melhores resultados, a produção de conteúdo da ONG deve ser pautada por técnicas próprias dessa estratégia, garantindo mais visibilidade à marca e aos seus projetos.

Usando algumas das principais características do marketing de conteúdo, sua instituição conseguirá divulgar informações que sejam realmente relevantes e valorizem o trabalho realizado.

1.      Identifique seu público

PersonaAntes de tudo, é necessário identificar quem é seu público e quais são os seus interesses. Você pode fazer isso analisando as pessoas que, de alguma forma, já seguem a sua marca, e também por meio de pesquisas.

No marketing digital, o chamado público-alvo foi evoluído para a “persona” – uma representação semifictícia do consumidor ideal. (A Rock Content explica tudo sobre Personas aqui).

Créditos da Imagem: Rock Content.Mais do que identificar características gerais e padronizadas do público, a persona busca saber detalhes mais específicas, como demandas, dúvidas e dores.

Há várias plataformas online que podem te ajudar a formar a sua persona e deixar sua estratégia mais acertada.

Saiba mais sobre o comportamento do consumidor na web e como o marketing social pode gerar mais engajamento.

2.      Conteúdo relevante

Sabendo quem é o seu público, você idêntica que tipo de conteúdo ele precisa.

Crie um cronograma de publicações, pensando em informações que possam atender às demandas de todos os estágios da jornada do consumidor.

Lembre-se: para encantar as pessoas e conquistar mais doações, a sua marca precisa estar próxima das pessoas e ser lembrada sempre.

3.      Aposte no canal adequado

conteúdo canais

Você também precisa ter presença digital onde o público está.

A partir da identificação da persona, é possível descobrir se o público está em blogs, e-mails, redes sociais…

De nada adianta produzir conteúdo de qualidade para o canal errado. Fique atento!

4.      SEO

Essa é a sigla em inglês para Otimização para mecanismos de busca (Search Engine Optimization).

O SEO nada mais é que um conjunto de técnicas para melhorar o posicionamento das suas páginas no ranqueamento de sites de pesquisa como o Google. Entre essas técnicas podemos citar:

  • o uso de palavras-chaves,
  • a qualidade e tamanho do conteúdo
  • a formatação do texto com listas e divisão em tópicos, para tornar a leitura mais fluida, dentre outras centenas.

5.      Fique de olho na linguagem

A linguagem também deve ser acessível e alinhada ao seu público. Se as pessoas se sentem mais confortáveis com uma comunicação formal, nada de gírias ou falas muito engraçadinhas.

Mas se o que elas preferem é uma linguagem mais simples e próxima, deixa a formalidade de lado – porém, sem perder o profissionalismo e seriedade da causa.

6.      Vídeos chamam muita atenção (não se esqueça das legendas!)

Conteúdo em formato de vídeo chama muita atenção das pessoas, além de ser o formato com maior alcance orgânico no Facebook.

Ao criar conteúdo em vídeo, lembre-se de colocar legendas, já que a reprodução pode começar antes do som estar ativado.

E nem precisa esperar uma produção perfeita. O importante é começar a engajar as pessoas.

Cadastre sua ONG para Aumentar sua captação de recursos


Sem conteúdo, sua ONG não receberá doações. Saiba o motivo.
5 (100%) 1 voto
Post Anterior

Você também vai gostar

Nenhum Comentário

Deixar Comentário