Marketing baseado em dados: por que sua ONG deve se basear em dados para conseguir mais doações?
Marketing para o Terceiro Setor, ÜP

Marketing baseado em dados: por que sua ONG deve se basear em dados para conseguir mais doações?

Empresas de todos os portes e segmentos precisam de uma estratégia em comum: o marketing. É fundamental para alcançar os objetivos definidos no planejamento, incrementar os resultados e atrair um público cada vez maior.

Para as organizações do terceiro setor – que estão se profissionalizando e usando estratégias de mercado para ampliar sua atuação – a comunicação também é muito importante e pode contribuir sobremaneira para o volume de arrecadações aumentar.

Neste artigo, você vai ver como o marketing baseado em dados pode aprimorar a sua comunicação e algumas dicas práticas para começar a inseri-lo no dia a dia da ONG.

Conheça ferramentas essenciais para incrementar as doações online da sua organização.

Conheça o ÜP, uma plataforma de gestão completa para sua Organização Social alcançar mais doações e apoiadores.

O que é marketing baseado em dados?

marketing baseado em dados

Como falamos, o marketing tem uma função importante dentro de toda instituição. Por meio dele, a marca consegue criar estratégias para valorizar o produto ou serviço, agregando mais valor ao mesmo, de forma a satisfazer uma necessidade do público.

Isso ajuda a tornar a empresa mais bem vista pelas pessoas, atraindo um público maior e potencialmente mais interessante.

O marketing baseado em dados tem os mesmos objetivos, mas é feito de maneira diferente. Ele é totalmente orientado por informações concretas e dados de mercado, clientes e concorrentes, possibilitando a tomada de decisão mais acertada.

Assim, você toma atitudes com um direcionamento certo e não fica “atirando para todo lado”, sem saber onde mirar.

Também chamado de data driven marketing, parte da Inteligência de Mercado, a estratégia busca dados sobre o público para basear as ações tanto no digital quanto no off-line, ajudando a tornar os resultados mais seguros.

Por que usar o marketing baseado em dados na minha organização?

O marketing baseado em dados é uma excelente estratégia para conseguir mais doadores e atrair um público mais engajado para a sua ONG. Esse modelo de comunicação possui diretrizes mais exatas e resultados mais facilmente mensurados.

Confira as principais vantagens de usar o marketing baseado em dados na organização social:

·         É possível atingir o público adequado

Com o marketing baseado em dados, sua organização consegue estabelecer o público mais adequado para ser atingido por cada ação da sua estratégia.

Isso é ótimo para enviar o conteúdo correto para cada nicho e também definir o melhor caminho para divulgar a marca da sua ONG, bem como as ações que funcionarão melhor para atrair doadores em potencial.

·         É mais fácil compreender as demandas do seu público

Para as empresas do segundo setor, isso significa entender se eles precisam de algum produto ou serviço específico que a marca possa desenvolver e cobrir uma demanda de mercado.

No caso das ONGs, isso ajuda a entender o comportamento de pessoas que querem, de alguma forma, dar suporte a instituições sociais, mas ainda não sabem fazer isso ou mesmo identificar potenciais doadores que só não contribuíram porque não encontraram uma plataforma online para doar.

É muito importante saber mais sobre o comportamento dos seus doadores e verificar caminhos para suprir os gargalos existentes.

·         Dá para saber quais os melhores canais de comunicação para atingir os doadores

Marketing baseado em dados

Os dados também vão mostrar onde o seu público está: redes sociais, e-mail, blogs ou até em canais mais tradicionais, como o rádio e a TV.

Lembre-se sempre: além do conteúdo interessante, é preciso estar presente onde o seu público está, para atingi-los de forma correta e estratégica.

Alguns canais que podem aparecer na sua pesquisa são: Facebook, Instagram, YouTube, E-mail e WhatsApp. Estude profundamente sua pesquisa, analisando os benefícios de cada rede e de que forma elas podem fortalecer sua marca.

O LinkedIn, muitas vezes, acaba sendo esquecido no planejamento digital das organizações, mas ele pode ser bastante valioso. Saiba como usar o LinkedIn para encontrar voluntários e profissionalizar a atuação da ONG.

Conheça o ÜP, uma plataforma de gestão completa para sua Organização Social alcançar mais doações e apoiadores.

·         Saiba qual tipo de conteúdo vai funcionar melhor para atrair doadores

O marketing digital tem como um de seus pilares o conteúdo. Em vez de simplesmente fazer publicidades, as empresas então compartilhando conteúdo relevante, educando, informando e suprindo necessidades do público, por meio de imagens, textos, podcasts e vídeos.

Por meio do marketing baseado em dados é possível compreender melhor essas demandas, e fazer a sua organização ser notada na hora certa com um conteúdo realmente alinhado às necessidades das pessoas.

·         Mensure resultados com mais segurança e assertividade

Não sabe quantas pessoas estão visitando o seu site? Ou quantas delas doaram? Quantos acessos foram necessários até a pessoa contribuir? Elas vieram a partir de buscas no Google, das redes sociais ou do e-mail?

Com o marketing baseado em dados é possível responder a todas essas perguntas e saber exatamente quanto foi necessário investir em estratégias de divulgação e relacionamento para conseguir arrecadar um valor determinado em uma campanha específica.

Assim, sua ONG consegue tomar decisões mais acertadas, sempre com base em resultados e análises concretas.

·         É possível personalizar a experiência do usuário com a sua marca

Quem não gosta de se sentir especial? Todo mundo (ou quase), não é mesmo? Isso pode incrementar os resultados da ONG. Basta colocar o público na posição central da sua estratégia, desenvolvendo ações que personalizem a experiência de cada usuário.

Por meio do marketing baseado em dados, sua organização consegue desenvolver conteúdo personalizado e inovar na forma de se relacionar com o público, criando uma experiência única para cada pessoa que acompanha a marca da organização na internet.

Como fazer marketing baseado em dados em 5 passos

marketing baseado em dados

Para não restar mais dúvidas e começar a aplicar o marketing baseado em dados na sua ONG agora mesmo, listamos 5 passos de como usar essa estratégia e melhorar os resultados com arrecadação.

1.      Escolha as ferramentas adequadas

Quando falamos em marketing baseado em dados, é preciso escolher uma ferramenta que consiga captar essas informações que servirão de pilar para a sua estratégia.

Existem diversas plataformas existentes no mercado, que avaliam todo tipo de dado, mas para a ONG começar, separamos as principais ferramentas gratuitas.

  • Google Trends: aponta as principais tendências de buscas de usuários mostrando assuntos que podem viralizar.
  • Google Analytics: analisa o tráfego do site e o perfil dos visitantes, sendo uma ferramenta completa para o site.
  • SemRush: faz análise de palavras-chaves e informações sobre concorrentes. Possui uma versão paga.
  • Risü ÜP: Além de permitir receber doações através de boleto, cartão de credito e também por compras realizadas pelos doadores em mais de 300 e-commerces . A Ferramenta analisa todos estes dados e te entrega diversas informações sobre o perfil de seu doador ideal.

É importante ressaltar que essas ferramentas são um suporte para a estruturação das estratégias de marketing, mas não garante, sozinhas, os resultados almejados.

Para alcançar as metas com mais efetividade, é preciso trabalhar o marketing profissionalmente, ações integradas e muita seriedade.

2.      Entenda quem é seu público

No marketing digital, o público-alvo foi substituído pelo conceito de persona – uma representação semifictícia do cliente ideal.

Por meio de pesquisas, questionários e análise de comportamento dos usuários dá para identificar uma ou mais personas para sua ONG, com definição de profissão, idade, necessidades e dores.

Compreender melhor o público ajuda a criar conteúdos mais relevantes e ações que sejam realmente eficientes na captação de recursos.

3.      Faça testes

No marketing, não existe receita pronta. Embora os dados te forneçam uma boa base para tomar decisões, é sempre importante o que funciona melhor para cada estratégia.

Os testes A/B por exemplo, mudam algum item de uma publicação, do site, da postagem, etc., para ver qual versão dá mais resultados.

Teste, ainda, horários, linguagem, temas e formatos que mais interessam aos usuários, criando, assim, um modelo estratégico consistente e que de fato ajude a alcançar os objetivos definidos no planejamento.

4.      Fique de olho nas tendências de comportamento

Preste atenção às demandas do público e também ao seu comportamento. Qual rede social eles estão utilizando mais? Preferem conteúdo mais sério ou mais engraçado? Como deve ser a relação?

Observar essas tendências ajuda a fortalecer o laço com as pessoas e trazê-las para dentro da ONG, enxergando e compreendendo as necessidades da instituição em uma relação de mão dupla.

5.      Mensure resultados e comece tudo de novo

Estabeleça prazos para medir os resultados de cada ação proposta na sua estratégia de marketing e verifique o que está dando certo e o que pode ser alterado.

O marketing baseado em dados é cíclico e sempre apresenta oportunidades de melhoria, em um processo contínuo de aprimoramento da comunicação com os doadores e voluntários da ONG.

Conheça o ÜP, uma plataforma de gestão completa para sua Organização Social alcançar mais doações e apoiadores.

Doações com base em dados: experimente o ÜP!

A Risü oferece uma importante ferramenta de doações para ONGs de todos os nichos, que têm atuação na internet: o ÜP.

Essa plataforma pode ser facilmente integrada ao site da organização, funcionando como uma espécie de botão de doações. O doador pode contribuir tranquilamente, sem sair da sua página.

O design é adaptável e a plataforma aceita pagamento via boleto ou cartão de crédito, para simplificar a vida do doador.

Além disso, o ÜP possui ferramentas de gestão de relacionamento, captando dados dos usuários e resgatando aquele doador que desistiu da contribuição antes de finalizar a transação.

Por meio do ÜP, a ONG ainda pode enviar mensagens automatizadas para os usuários e melhorar a relação, construindo uma marca ainda mais forte e relevante na comunidade.

Saiba como captar recursos com o ÜP e de que maneira ele pode ajudar sua ONG a se aproximar dos doadores e voluntários, incrementando sua estratégia de arrecadação.


Falar com um consultor

Marketing baseado em dados: por que sua ONG deve se basear em dados para conseguir mais doações?
5 (100%) 2 votos
Post Anterior Próximo Post

Você também vai gostar

Nenhum Comentário

Deixar Comentário