O que é Doação de Plaquetas?
Fazer o Bem

O que é doação de plaquetas? Entenda tudo sobre o assunto!

Você sabe como funciona a doação de plaquetas, para que ela serve e como pode ajudar muitas pessoas? Entenda agora como o procedimento funciona e quem pode doar.

O que é a plaqueta?

doacao de plaquetas_plaquetas

Nosso sangue é composto pelo plasma (a parte líquida), as hemácias (glóbulos vermelhos), que transportam oxigênio pelo corpo; os leucócitos (glóbulos brancos), que defendem o organismo; e as plaquetas (fragmentos celulares), responsáveis pela coagulação sanguínea.

Essas últimas são produzidas na medula óssea e podem ser armazenadas no baço. Se você tem algum tipo de lesão, as plaquetas se prendem ao local machucado, formando uma barreira que evita o sangramento.

Elas são equivalentes a menos de 1% de todo o volume de sangue e quando estão em baixa quantidade em nosso organismo, é necessário fazer o processo de doação de plaquetas, para que o paciente com o problema possa garantir uma recuperação normal.

Risü - Cupom de desconto e doaçãoA Risü é shopping online do Bem, onde parte do valor de suas compras se transforma em doação para uma Causa Social à sua escolha sem que você pague nada a mais por isso. Quer conhecer melhor a Risü? Quer aproveitar os incríveis cupons de desconto e ainda ajudar uma Ong?

Cadastre-se Agora Mesmo

Doação de plaquetas: o que é?

Normalmente, um adulto possui de 150.000 a 300.000 plaquetas por microlitro de sangue. Esse número é identificado por meio de um exame de sangue simples e o hematologista é o especialista responsável por identificar e tratar as possíveis alterações apresentadas.

Quando os resultados apontam para números muito abaixo desses valores, o paciente está com plaqueotopenia ou trombocitopenia – a diminuição de plaquetas no sangue, condição médica que dificulta a coagulação. Isso facilita o surgimento de hemorragias, manchas roxas pelo corpo, sangramentos na gengiva e nariz, e urina avermelhada.

Em casos graves, recomenda-se o tratamento por meio de doação de plaquetas. A coleta acontece por meio de um processo específico, chamado de aférese, que não causa qualquer tipo de dano à saúde do doador.

Doação de plaquetas: como funciona?

doacao de plaquetas

A aférese acontece de forma bastante simples. O procedimento consiste na retirada do sangue do doador, por meio de uma máquina conectada aos dois braços em punção venosa.

 

Os elementos que o compõem o sangue são separados por meio de centrifugação. As plaquetas são retidas e o restante dos componentes retornam para o doador. A máquina coleta cerca de 10% das plaquetas, que são facilmente respostas pela produção do próprio organismo em até 24 horas.

É utilizado um kit de material descartável, assim, o sangue não entra em contato com a máquina, garantindo mais segurança a todos os envolvidos.

 

O processo todo dura cerca de 90 a 120 minutos, de acordo com o número de plaquetas, peso e altura do doador, e é feito em um hemocentro, com acompanhamento de profissional durante todo o tempo.

Quem eu ajudo doando minhas plaquetas?

  • As plaquetas serão utilizadas por pacientes com baixa contagem de plaquetas, causadas por doenças graves como leucemias e câncer, ou mesmo anemia.
  • Procedimentos como quimioterapia e radioterapia também podem provocar o problema.
  • Pacientes que passam por transfusão de medula óssea também precisam da doação.

No Brasil, apenas 1,9% da população doa sangue. Por isso, é importante que você faça a doação, para ajudar as pessoas acima.

Doação por aférese pode ajudar muitos pacientes

A doação por meio de aférese pode conter até 8 vezes mais plaquetas do que na doação de sangue tradicional. Assim, apenas um doador consegue contribuir com uma quantidade de plaquetas equivalente à de oito pessoas.

Esse tipo de doação ajuda os pacientes que precisam muito de uma grande quantidade de plaquetas. É um ato de amor e doador precisa apenas de um pouco de paciência para passar pelo procedimento de aférese.

Quem pode fazer a doação de plaquetas?

Quem quiser doar plaquetas deve seguir os mesmos critérios de doação de sangue, observando o peso mínimo e estado de saúde. Não pode ter apresentado quadros de hepatite, malária, doenças transmissíveis pelo sangue, ou ter feito uso de drogas injetáveis. Quem fez tatuagens deve esperar um ano antes de fazer a doação.

Além disso, é preciso atender a outros pré-requisitos:

  • O doador precisa ter boa calibragem na veia, pois são colhidos 450 ml de sangue, 200 a mais do que a média de uma doação comum;
  • Não ter feito uso de medicamento anti-inflamatório, aspirina ou AAS nos cinco dias que antecedem a doação;
  • Não estar em tratamento de pressão arterial com inibidores de ECA (Enzima Conversora da Angiotensina), como captopril e enalapril;
  • Não ser portador de traço falciforme;
  • Possuir a contagem adequada de plaquetas, medida no exame de sangue;
  • Não estar gripado;
  • E ter feito pelo menos uma doação de sangue anteriormente.

Na maioria dos centros de coleta, apenas homens estão autorizados a fazer a doação de plaquetas. O critério se justifica pelo objetivo de evitar a ocorrência de uma reação transfusional grave, a TRALI (Lesão Aguda Pulmonar Relacionada à Transfusão).

Em função da possibilidade de gestações, as doadoras mulheres são as mais associadas aos eventos de TRALI e a escolha de doadores somente do sexo masculino já é uma tendência mundial.

Os centros que aceitam as doadoras, solicitam que as doadoras não tenham tido mais de duas gestações em toda a vida.

Quais os riscos da doação de plaquetas?

Como já dito anteriormente, a doação de plaquetas não oferece riscos à saúde do doador, não sendo necessário qualquer tipo de cuidado especial após o procedimento.

Para o paciente que recebe a transfusão, o processo é monitorado por profissionais, para acompanhar possíveis reações, como infecções e sensibilização. Mas com a coleta por aférese, esses riscos são bastante reduzidos.

Em quanto tempo é possível fazer a doação outra vez?

Nosso organismo se recupera de forma muito rápida e em 24 horas as plaquetas doadas são repostas pela medula óssea. Mas é importante esperar pelo menos uma semana para fazer outra coleta.

De acordo com recomendação da Agência Nacional de Segurança Sanitária, uma pessoa pode fazer a doação 24 vezes por ano, o equivalente a duas vezes por ano.

Qual procedimento devo seguir para fazer a doação de plaquetas?

O doador de plaquetas deve fazer um agendamento prévio no centro de coleta da sua cidade. Assim, será feita uma triagem para ver se o candidato atende todos os requisitos e possui a quantidade adequada de plaquetas para realizar o procedimento.

É muito importante que o doador siga os pré-requisitos exigidos, garantindo que as plaquetas funcionem da forma correta no organismo do paciente que receberá a transfusão.

Quer ajudar, mas não atende os requisitos? Conheça outras formas!

daocao de plaquetas - outras doacoes

Se você quer promover o bem para uma pessoa, mas não atende os requisitos exigidos para a doação de plaquetas, conheça outras formas de ser solidário e levar amor e carinho a quem mais precisa:

Doação de medula

A doação de medula é fundamental para pacientes em tratamento de anemias graves e alguns tipos de câncer. O procedimento é indicado para até 80 doenças diferentes.

O doador é internado e recebe anestesia peridural ou geral. A medula é retirada por meio de punção no quadril e o período de recuperação é em média de 15 dias.

Há poucos registros de problemas relacionados à doação. Os doadores costumam apresentar apenas um pequeno desconforto no local da punção. Problema facilmente resolvido com analgésicos e insignificante, diante da vida que está sendo salva graças a seu gesto de solidariedade.

Doação de órgãos

A doação de órgãos é um gesto lindo de continuação da vida. Um momento difícil na vida de uma família, pode se tornar a esperança renovada para pacientes que há muito tempo aguaram aquilo que pode ser sua última esperança – o transplante de um órgão.

A doação só é realizada em casos de morte cerebral e a família do paciente deve autorizar o procedimento, por isso, é muito importante que o doador deixe esse desejo claro, ainda em vida.

Também é possível fazer a doação de alguns órgãos, como rim e parte do fígado, ainda em vida, garantindo uma nova chance ao transplantado.

Doação de cabelos

Para que possui fios longos, a doação de cabelo é um procedimento simples, mas que contribui de forma muito efetivo para pacientes em tratamento de câncer.

Em uma instituição especializada, é retirado entre 10 cm e 20 cm do cabelo, que será utilizado para a confecção de uma peruca, doada a um paciente.

Embora possa parecer bobagem, a peruca contribui muito para autoestima dos pacientes, incluindo homens e crianças, que já sofrem com tantos efeitos colaterais. Sentindo-se mais bonitos, eles encontram novas forças para continuarem sua batalha contra a doença.

Doação de roupas

Uma forma simples de ajudar, mas nem por isso menos significativa, a doação de roupas é um gesto de amor com famílias necessitadas. Não dói, não precisa de pré-requisitos e basta uma olhada rápida no seu armário para descobrir que muitas peças podem servir em outra pessoa.

Além de ser uma forma solidária de desfazer de roupas antigas, é uma forma sustentável de consumo, já que outra pessoa vai ganhar peças novas sem que seja preciso produzir algo novo.

Lembre-se de que as peças devem estar em bom estado e podem ser destinadas tanto a instituições específicas quanto à uma família de sua preferência.

Seja um parceiro de instituições sociais

Da sua casa também é possível contribuir com muitas pessoas, por meio de instituições sociais. Faça suas compras online através da Risü e destine como doação parte do valor a uma das ONGs parceiras. Você não gasta nada a mais com isso e contribui de forma significativa.

Ative o MemoRisü e receba um lembrete da doação sempre que estiver em um dos sites parceiros.

Risü - Cupom de desconto e doaçãoA Risü é shopping online do Bem, onde parte do valor de suas compras se transforma em doação para uma Causa Social à sua escolha sem que você pague nada a mais por isso. Quer conhecer melhor a Risü? Quer aproveitar os incríveis cupons de desconto e ainda ajudar uma Ong?

Cadastre-se Agora Mesmo
O que é doação de plaquetas? Entenda tudo sobre o assunto!
5 (100%) 1 voto
Post Anterior Próximo Post

Você também vai gostar

Nenhum Comentário

Deixar Comentário