Consciência Negra
Fazer o Bem

Consciência Negra | Entenda Tudo Sobre o Assunto Definitivamente!

Com toda certeza, em seus tempos de escola, mais precisamente na hora cívica, já se ouviu falar no Dia da consciência negra.

Porém, esse ensinamento tão importante não deve ficar apenas nas quatro paredes da escola. É nossa missão como brasileiros e seres humanos não apenas levar esse conhecimento, mas também saber praticar e ter a consciência da importância da cultura afro aqui no Brasil.

Pensando na grande relevância histórica e cultural, a Risü traz neste artigo tudo sobre essa data tão importante, que é o Dia da consciência negra!

Leia também:

Tudo sobre a consciência negra

Para uma boa formação de caráter de um cidadão brasileiro, a relevância do estudo sobre a história e a cultura afro-brasileira e africana, não se deve restringir a apenas à população negra.

Pelo contrário, todos os brasileiros, enquanto cidadãos atuantes, devem educar e ser educados no meio de uma sociedade multicultural e pluriétnica.

A partir disso, cada um do Brasil, deve ser capaz de construir uma sociedade democrática, por meio de práticas pedagógicas. Mostrando cada vez mais a grande importância e influência africana na nossa cultura, hábitos, culinária, religião e comportamento.

A reflexão e vivência por meio de respeito mútuo às diferenças culturais e étnicas, deve saber não apenas tolerar, mas conviver com respeito às divergências, repudiando todo e qualquer preconceito e discriminação proveniente de qualquer ordem.

A população, também deve se atentar e saber analisar e atuar de forma justa nessas situações de injustiças sociais, que demonstra a falta de formação dos valores sociais, valores morais e éticos.

Desde o início da década de 70 diversas associações afrodescendentes comemoram, aqui no Brasil o dia da consciência negra todo dia 20 de novembro.

O que muitos não tem conhecimento, é que o idealizador do dia da consciência negra foi um professor gaúcho chamado Oliveira Silveira.

O professor era também um dos idealizadores de um grupo que reunia militantes da cultura negra e afrodescendente em Porto Alegre, chamado Palmares.

E foi em 1971, o mesmo ano em que o grupo Palmares foi fundado, Oliveira Silveira propôs uma data que comemorasse a consciência negra, seu valor, importância e contribuição ao país.

A data 20 de novembro foi escolhida em homenagem à morte de Zumbi dos Palmares, pois há especulações de que essa é a possível data de sua morte.

Zumbi_consciência negraZumbi dos Palmares, uma figura histórica muito conhecida e estudada, é o símbolo da resistência negra aqui no Brasil. Ele foi um dos maiores líderes do quilombo dos Palmares, localizado no nordeste do Brasil.

A ideia da consciência negra se espalhou por todo o país, movendo milhares de pessoas movimentos sociais de luta contra a discriminação racial.

Desde o final dos anos 70, a data tem motivado e promovido milhares de debates, movimentos e manifestações culturais sobre a importância do tema em todo o país.

O objetivo da consciência negra, é fazer com que todos refletam sobre a importância da inserção da figura e da cultura negar no país, reconhecendo sua relevância da participação dos afrodescendentes na cultura e costumes do país.

Outro objetivo, trazer questões como a igualdade racial e a democracia em todo território brasileiro.

A lei federal de número 10.639, foi a lei que desde de 2003 decretou o dia 20 de novembro o dia nacional da consciência negra, e tornou obrigatório o ensino da cultura negra e afrodescendente em escolas públicas e privadas.

Essa é data é tão importante pois, o Brasil é o segundo país com o maior número de negros na população, perdendo apenas para a Nigéria, e foi também o maior importados de mão-de-obra negra escrava.

Sem contar que o Brasil, foi o último país do Continente Americano a abolir a escravidão.

Em vista a toda essa contribuição da população negra para o país, é imprescindível permitir a discriminação e a desigualdade racial, pois tal tema não deve ser apenas de interesse da população negra, mas de toda a sociedade brasileira.

Em Resumo, o que é a Consciência Negra?

Todo ano, no dia 20 de novembro é comemorado o Dia da Consciência Negra no Brasil. Essa data, desde a década de 70, é considerada uma das comemorações mais importantes do nosso país, considerando toda as nossas raízes e nossa cultura.

Porém muitas pessoas não sabem como surgiu essa comemoração, pesando nisso é que a Risü trouxe um resumo sobre o Dia da Consciência Negra, a fim de elevar ainda mais a relevância desse dia.

A data surgiu com a ideia de ser um movimento que realmente movimente todo o povo brasileiro a lutar a favor da importância dos negros para o Brasil.

O dia 20 de novembro foi definido pela lei de número 10.639, que foi decretada no dia 9 e janeiro de 2003.

Porém, essa data já vem sendo comemorada em todo Brasil desde a década de 70. Nessa época um professor de Porto Alegre liderou o movimento Palmares, a fim de espalhar a consciência e importância da cultura afrodescendente.

Mas você sabe o real motivo do dia 20 de novembro? Esse dia foi escolhido para homenagear uma figura histórica muito importante para a luta dos negros.

Foi em 20 de novembro de 1695 que Zumbi dos Palmares morreu, escravo que liderou o Quilombo dos Palmares, ajudando diversos escravos a fugirem e lutarem pela sua liberdade e pelos seus direitos.

Um dos reais motivos para ressaltar a importância do Dia da Consciência Negra no Brasil, é trazer à toda população a reflexão a respeito da inserção e valorização da população negra no Brasil.

Visto que, o Brasil é o segundo país com maior população negra do mundo.

O Brasil, foi também um dos últimos países do mundo a aderir a lei que aboliu a escravidão de negros.

A forma de trazer a valorização do da cultura negra e dos próprios negros na sociedade, tem sido inserida por meio da educação.

A lei 10.639 tem possibilitado isso, a lei trouxe a obrigatoriedade do ensino da cultura afro-brasileira em escolas públicas e privadas, de nível fundamental e técnico.

Qual é a importância da consciência negra?

A consciência negra foi uma data criada para dar voz e lugar aos negros desse país.

Desde a o regime colonial, em que diversos navios negreiros traziam milhares de negros para serem escravizados no Brasil, houve a instauração de um certo preconceito, o racismo, que diz que os negros são inferiores.

Por meio de tais declarações e de saber que ainda há uma segregação cultural em pleno século XX, é que é importante lutar por direitos iguais e por mais participação de negros em grandes posições de poder no Brasil.

 Racismo é crime?

não ao racismo

 

Você sabia que racismo é um crime inafiançável e imprescritível?  O racismo é um tipo de preconceito cometido contra raças e etnias, e no Brasil é considerado como crime.

O racismo separa pessoas. Pelo racismo os negros são considerados inferiores, ou seja, o racismo é a tendência de um pensamento, que se dá uma absurda importância à raças, considerando uma melhor que a outra.

O que mais caracteriza o pensamento de uma pessoa é a superioridade de pensamento, pois a pessoa racista se sente superior a uma raça ou etnia.

A escravidão foi um tipo de dominação caracterizada totalmente pela superioridade do racismo conta a cultura negra.

Atualmente, é fácil notar que, em muitas das vezes, o racismo não é necessariamente contra negros, contudo, muitas atitudes racistas se referem contra a alguma raça ou etnias, seja negro, índio, branco, asiático, etc.

Dia da consciência negra | 20 de novembro

RacismoEm 2003 foi sancionada a lei de número 10.639, essa lei estabeleceu o dia 20 de novembro como feriado no calendário escolar e nacional, para a comemoração do Dia da consciência negra.

A lei também estabeleceu o ensino da educação cultural afro-brasileira e indígena, em todas as instituições educacionais, de nível fundamental e médio, tanto em escolas públicas como escolas privadas.

A data 20 de novembro foi definida para homenagear a morte de Zumbi dos Palmares, um personagem histórico cultural que representou e tomou frente da luta do negro contra a escravidão.

Apesar de não encontrar mais a situação de escravidão no Brasil, o dia da consciência negra, hoje representa a luta de todos contra a discriminação racial e a busca de cada vez mais espaço para os negros.

Além disso, o dia 20 de novembro representa o trabalho e a luta para o reconhecimento da relevância da cultura dos afrodescendentes para a formação da cultura brasileira, afinal, toda a formação de comportamentos, costumes e hábitos do nosso país é uma mistura, e boa parte veio juntamente com os negros da África.

O dia da Consciência negra é feriado?

No dia 20 de novembro é comemorado o Dia da Consciência negra em todo território nacional, porém você sabe em quais estados do país a data é feriado?

Infelizmente, esse dia comemorativo foi instituído por meio da lei de número 12.519, de 10 de janeiro de 2011, que não é feriado nacional.

Mesmo assim, em milhares de cidades do país, o dia 20 de novembro foi decretado com feriado municipal. E feriado estadual em diversos estados do Brasil, como:

  • Alagoas;
  • Amapá;
  • Amazonas;
  • Mato Grosso;
  • Rio de Janeiro;

Vivemos em um país multicultural, e de uma diversidade linda e incrível. Não há motivos para separação, pois sabemos que somos todos iguais.

Por isso cabe a todos os cidadãos brasileiros lutar pela valorização de suas raízes culturais, em que boa parte é proveniente da cultura africana.

A Risü sabe da importância dessa valorização, por isso juntamente com diversas ONG’s ajuda na luta para a diversidade cultural e igualdade racial.

Saiba que comprando pela Risü você também pode ajudar esta causa! Acesse o site e saiba como ser um cidadão de bem valorizando toda a diversidade cultural do nosso país.

Consciência Negra | Entenda Tudo Sobre o Assunto Definitivamente!
5 (100%) 1 voto
Post Anterior Próximo Post

Você também vai gostar

Nenhum Comentário

Deixar Comentário