Risü parceira chave do criança esperança
Marketing para o Terceiro Setor

Criança Esperança 2018 | Risü, a nova parceira Chave

Há 33 anos, o Criança Esperança vem enchendo os corações de alegria e criando novas perspectivas de futuro para crianças e adolescentes Brasil.

O projeto, que nasceu com o objetivo de oferecer oportunidades, expectativas e esperanças a crianças e jovens brasileiros, é uma campanha nacional, cujo objetivo é gerar mobilização social, com a finalidade de assegurar direitos da criança e do adolescente.

Promovida pela TV Globo, em parceria com a UNESCO, o projeto é, até hoje, uma referência em campanhas bem sucedidas, no que tange a programas sociais destinadas as crianças e adolescentes no Brasil.

Não só o Brasil, mas, também no mundo, o projeto é reconhecido como um grande ator na mudança de vida de milhares de crianças e adolescentes.

Com mais de R$ 320 milhões arrecadados a favor de Organizações Sociais Brasileiras, é reconhecido pela ONU como um exemplo internacional, por já ter beneficiado mais de 4 milhões de crianças, adolescentes e jovens em todo o Brasil, além de já ter apoiado mais de 5 mil projetos nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Arrecadação de Doações para o Nordeste – O início do Criança Esperança.

Renato Aragão

O Criança Esperança surgiu pela ideia de Renato Aragão, criador dos trapalhões.

Aragão, ao ver a seca no nordeste, pediu auxílio à Globo para resolver o problema, sendo prontamente amparado pela Emissora.

Desta forma, no ano de 1986, nasceu o primeiro projeto social nesse formato: um programa de assistência às famílias desamparadas no Nordeste brasileiro, chamado SOS Nordeste.

O objetivo era arrecadar dinheiro, roupas e alimentos para as pessoas que vinham sofrendo com o problema.

O sucesso foi tão satisfatório que a emissora fixou o projeto em sua grade anual, direcionando o apoio gerado às crianças e adolescentes brasileiros, batizando-o de Criança Esperança.

Inicialmente, o projeto foi transmitido para todo Brasil no programa Os Trapalhões, de Renato Aragão, gerando uma grande audiência e um valor considerável de doações.

Com o passar do tempo, como consequência do grande sucesso, o projeto acabou se tornando autônomo na grade da Rede Globo, gerando grande mobilização e visibilidade para um problema que, antes, não tinha a devida atenção.

O projeto tornou-se tão intenso que chegou a contribuir com a inclusão do artigo 227 na Constituição Federal de 1988, que trata sobre garantia dos direitos das crianças brasileiras.

Além disso, também contribuiu para o nascimento do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente.

Mediante os valores arrecadados, vidas são transformadas, novas chances e oportunidades são criadas e, a cada dia, mais recursos são arrecadados através deste, que se tornou um dos maiores legados da UNESCO em Parceria com a TV Globo.

Criança Esperança | A Missão

Com a missão de conscientizar toda a população, o Projeto Criança Esperança proporciona que todo o cidadão brasileiro possa ajudar, através de doações, uma das causas sociais mais importantes do país: O Direito Infantil.

Segundo o projeto, o programa Criança Esperança,

  • Promove a inclusão social de grupos vulneráveis como jovens, afrodescendentes, povos indígenas e meninas;
  • Apoia iniciativas que funcionam como laboratórios sociais, visando inspirar políticas públicas para a juventude;
  • Estimula os jovens a completar seus estudos nos níveis da educação básica e da educação técnica e profissional;
  • Promove a participação e o engajamento da juventude;
  • Oferece atividades esportivas, de laser e inclusão digital;
  • Apoia projetos que:

– Promovem os direitos humanos e a igualdade racial;

– Previnem a violência, o abuso sexual e a exploração de crianças e jovens;

– Priorizam os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, sobretudo na redução da    pobreza extrema e dos índices de mortalidade infantil.

Aprovação da UNESCO Brasileconomia solidaria

Um dos setores da Ciências Humanas e Sociais da Representação da UNESCO no Brasil, trabalha com a seleção de projetos por meio de edital público, realizada anualmente.

O intuito é garantir que todos os projetos recebam benefícios financeiros, bem como assessoria programática da UNESCO, a fim de dar início a um processo de transferência de conhecimento.

Os projetos são analisados com base em normas nacionais e internacionais, que enxergam crianças e adolescentes como o futuro e o bem maior de uma sociedade.

Após 33 anos de existência, o Criança Esperança hoje é considerado um dos projetos com maior impacto social no mundo pela Unesco.

Mesmo com os projetos já apoiados pelo Criança Esperança, a UNESCO também contribui para outros que também que evidenciam sustentabilidade e que oferecem treinamento técnico e profissionalizante para os jovens.

Por conseguinte, desde a aprovação acertada com a UNESCO, mais de 450 projetos foram selecionados e apoiados pelo Criança Esperança, chegando a beneficiar 20 mil crianças e adolescentes e dando origem ao nascimento de 4 espaços de apoio em comunidades carentes no país.

Esses espaços, hoje se encontram em 4 cidades: Jaboatão dos Guararapes, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo.

Risü: A esperança de mais doações

Criança Esperança - Doe Esperança

Site do Doe EsperançaCom a intenção de aumentar, ainda mais, as doações proporcionadas pela população, o Projeto Criança Esperança realizou, neste ano de 2018, parceria chave com a empresa Risü, lançando a plataforma doeesperança.com.br.

A aliança inédita tem o mesmo objetivo: Arrecadar mais doações e mobilizar mais e mais pessoas.

Capitaneado pela Startup mineira Risü, o novo site proporciona que parte do valor das compras de consumidores de todo o Brasil, se transforme em doação para o Criança Esperança, sem que paguem nada a mais por isso.

Ou seja, o consumidor é possibilitado de auxiliar o projeto sem pagar nada a mais por isso, de uma forma simples, cotidiana e prática.

São mas de 400 lojas parceiras, que se propuseram a participar desse grande projeto, com o intuito de tornar o Brasil um país com mais oportunidades e prosperidade para as crianças e adolescentes.

É simples e rápido ser um doador na nova plataforma do Criança Esperança!

Como funciona?

  1. Entre no site doeesperança.com.br e escolha a loja que deseja realizar suas compras.
  2. A Risü “ativará a sua doação” e você será redirecionado para a loja escolhida.
  3. Faça suas compras normalmente.
  4. Ao finalizar a sua compra, com o devido pagamento realizado, parte do valor que você pagou será revertido para o Criança Esperança, sem que você pague nada a mais por isso.
  5. Você receberá um e-mail com todas as informações sobre a doação gerada.

Cadastre-se agora mesmo!

Confira o vídeo da campanha Criança Esperança 2018:

Lançamento e expectativas

No domingo, dia 26 de agosto, o novo portal foi lançado, já demonstrando as grandes possibilidades de mobilização pela nova parceria: a nova plataforma chegou a contar com milhares de acessos simultâneos, durante mais de 1 hora de programa.

No processo tradicional, feito pela campanha, com doações através do telefone, já foram arrecadados mais de R$ 17,7 milhões. Já, com a nova forma de captação de recursos, as possibilidades crescem de maneira exponencial, como diz um dos fundadores da Risü, Lucas Borges:

“Essa é uma parceria que pretende revolucionar a cultura de doação no Brasil. Isso porque as pessoas poderão doar através de uma ação cotidiana: compras. Com apenas um clique, aquela compra que ela já iria realizar de qualquer forma, passa a ter um propósito maior: ajudar crianças e adolescentes de todo o país. E, o melhor, a doação não sai do bolso do consumidor, que não paga nada a mais por isso. A doação é realizada pela Risü, em parceria com mais de 400 lojas de todo o Brasil”.

Juntamente com a nova plataforma, o novo Projeto (doeesperança.com.br) pretende mobilizar mais de 1 milhão de pessoas, aumentando exponencialmente a visibilidade dos problemas sociais brasileiros e, também, melhorando e fortalecendo a cultura de doação no Brasil.

“A Cultura de doação no Brasil ainda é muito incipiente. As pessoas acreditam que todos os problemas sociais no país devem ser resolvidos pelo governo, o que não é verdade. Os países mais bem desenvolvidos do mundo, como a Suíça, precisam de auxílio de organizações não governamentais para se desenvolver. Com o Brasil não é diferente. Precisamos disseminar essa cultura do Bem, da doação e do trabalho voluntário, para fortalecer e dar visibilidade para organizações beneficentes. Assim, podemos proporcionar que elas consigam, cada vez mais, gerar mais impacto social positivo no nosso país e diminuir o sofrimento de muita gente, em especial, das crianças e adolescentes”, salientou Lucas.

Cadastre sua ONG para Aumentar sua captação de recursos

Conheça a Risü, a plataforma do bem

A Risü foi nasceu graças aos princípios e dores que três empreendedores mineiros tinham em comum.

Francis Andrade, Rodrigo Carneiro, Mariana Machado e Lucas Borges são os sócios da startup

Francis Andrade, Rodrigo Carneiro, Mariana Machado e Lucas Borges são os sócios da Startup

Rodrigo Franzot, Lucas Borges e Francis Andrade buscavam ideias para, de fato, mudar o mundo, e encontraram a solução no fortalecimento e aprimoramento da atuação das Organizações Sociais de todo o pais.

Somando seus pensamentos e ideologias, o três jovens mineiros resolveram por se unir e estudar a melhor forma de fortalecerem atuação do Terceiro Setor na sociedade brasileira.

Assim, em 2015, nasceu a Startup Risü.

Por perceberem que a maioria das pessoas não realizavam doações para Organizações Sociais brasileiras, alegando não terem dinheiro, ou não terem tempo disponível, os três partiram para a estratégia de possibilitar que as pessoas tivessem condições de doar de forma cotidiana e sem gastar dinheiro.

E algo, incomodava: Como as pessoas dizem que estão sem dinheiro para doar, se o mercado de E-commere cresce 15% ao ano?

E assim, surgiu a ideia: vincular doações com as compras do dia-a-dia, como explica Rodrigo Franzot, também fundador da Startup Mineira:

“A ideia surgiu pelo fato do consumo ser o motor da sociedade atual. As pessoas compram todos os dias. E, de forma paradoxal, dizem que não possuem dinheiro ou tempo disponível para realizar doações. O dinheiro está aí, mas a cultura de doação ainda é frágil. Percebemos, imediatamente, que essas respostas eram de caráter cultural e não financeiro. A cultura de doação no Brasil precisava ser desenvolvida. Ou seja, precisávamos levar a doação para o cotidiano das pessoas. Assim, após fazermos as conexões necessárias, nos perguntamos: E, se conseguíssemos convencer as lojas a doar parte do valor das compras dos consumidores para uma Causa Social à escolha

A ideia, teve como principal motor a grande possibilidade de as Lojas poderem realizar o que sempre quiseram: boas experiências para seus consumidores e conexão com eles através de situações que envolviam muito mais do que simples promoções ou preços reduzidos. Sobre isso explica Franzot:

“Desta forma as lojas conseguiriam fazer parte da transformação e criariam uma conexão com seus consumidores. É uma experiência incrível para os clientes dessas lojas e, também, a criação de um elo que vai além de promoções e condições de pagamento. Hoje a satisfação dos clientes que compram através da Risü é fantástica. O nosso coeficiente de satisfação (NPS) é de 95 em 100. Isso demonstra que a criação de um elo do bem, de um relacionamento criado através de uma Causa em comum pode mudar o mundo e também trazer mais consumidores, além de fidelizar os antigos. Foi através dessas ideias, que hoje se comprovaram válidas, que nasceu a Risü. Conseguimos fazer a roda do Bem girar de maneira sustentável.”

É nítido que a ideia promovida pela Risü foi de grande satisfação: em três anos de trabalho, a empresa já possui mais de 400 lojas parceiras, e já conseguiu impactar mais de 60 mil pessoas, através de, até agora, 74 Organizações Sociais.


A Risü é shopping online do Bem, onde parte do valor de suas compras se transforma em doação para uma Causa Social à sua escolha sem que você pague nada a mais por isso. Oferecemos, ainda, diversos Cupom de Desconto de centenas de lojas! Como Cupom de desconto Americanas, Cupom de Desconto SubmarinoCupom de desconto NetshoesCupom de Desconto Centauro, entre outros.

Quer conhecer melhor a Risü? Quer aproveitar os incríveis cupons de desconto e ainda ajudar uma Ong?

Cadastre-se agora mesmo!

Criança Esperança 2018 | Risü, a nova parceira Chave
5 (100%) 2 votos
Post Anterior

Nenhum Comentário

Deixar Comentário